Identiterrorismo do Unicef

O Unicef Brasil lançou uma odiosa campanha de identiterrorismo televisivo dirigidas aos menores de idade no Brasil, dizendo simplesmente que as crianças que não possuem certidão de nascimento não são cidadãos. O Unicef também diz que "[l]egalmente, uma pessoa só existe quando for registrada", onde fica a seguinte questão: se um tarado violentar uma criança sem certidão de nascimento, haveria o crime, já que a tal vítima não existira "legalmente"?

Abaixo, o vídeo:

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como clonar digitais

Digitais falsas

E continua a disCUssão® sobre o Cadastro Único, agora com o nome de Registro Civil Nacional