Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2007

Resultado da pesquisa "Avaliando Azeredo"

Outra Azeredete

Encontrei mais uma Azeredete na rede, só que anônima. O nome do blog é geek, nerd, nanico e o inspirado post tem o seguinte trecho: E o senado Eduardo Azeredo enviou, de novo, [2]um projeto de lei para tornar a internet mais segura, onde você teria acesso a informações sigilosas sobre quem está acessando a internet sem precisar do aval de juizes e coisas do gênero. Não é exatamente isso, mas essa foi a minha interpretação.

Por mais absurdo que isso possa soar, após conversar com várias pessoas, concluí (sic) que isso é realmente necessário aqui no Brasil, já que não sabemos nos comportar e sempre fazemos mau uso da liberdade que nos é dada. (grifo meu)Vamos fazer uma vaquinha para mandar o sr. editor do geek, nerd, nanico para a Coréia do Norte. Auf Wiederschreiben!

Isso foi dito no Brasil

Na Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo tramita o PL 276/2005 do então deputado Eli Côrrea Filho (Democratas), que "obriga as empresas do 'tipo park' de estacionamentos a exigirem a apresentação de documento de identidade do condutor", mais uma das inúmeras bobagens identitistas que assolam o Brasil. Na Comissão de Segurança Pública, o projeto foi rejeitado pelo parecer do deputado Carlinhos Almeida (que é petista!), que disse em seu parecer o seguinte: Além disso, traduz violação ao direito fundamental da pessoa, especificamente no que diz respeito à garantia constitucional de que “são invioláveis a intimidade, a vida privada, a honra e a imagem das pessoas, assegurado o direito a indenização pelo dano material ou moral decorrente de sua violação”, conforme o artigo 5º, inciso X da Constituição da República.Isso mesmo! Um petista disse isso.

Cuidado com as Azeredetes!

Sim, qualquer medida totalitária no mundo tem apoio legítimo de partes desinteressadas da sociedade em questão. No Brasil, temos a Azeredetes, pessoas(?) que defendem o projeto nazifascicomunista de controle da Internet proposto pelo "nobre" senador Eduardo Azeredo, amigo de Marcos Valério. Abaixo, uma pequena lista de Azeredetes que achei na Internet que Azeredo quer censurar: Barros, Augusto Paes Para o Mr. Direito acredita que as opiniões contrárias ao substitutivo (os amantes da Internet livre) são "tortas". Como diz o ditado, "Deus escreve certo por linhas tortas."Cima, Fernando Sr. Cima pede, no blog de Barros, para que se discuta o "tema de forma racional". Pois vamos discutir, racionalmente, o arquivamento dos PLs e o impeachment de Azeredo.Rolim, Karina A professorinha não gostou do fato de Azeredo ser o vencedor do 1º Prêmio Stasi de Violação da Privacidade. Rolim acha que só ela leu o maravilhoso substitutivo de Azeredo. Neste caso, eu…

Gente que entende do riscado

O ridículo PL 83/2007 (que terá uma estudo do blog desmontando-o) está sendo criticado por aqueles que o "nobre" deputado Carlos Gomes quer "proteger". A notícia veiculada no site da Fecomércio-RS tem o interessante, e correto, título "Exigência de identificação nas compras com cartão preocupa lojistas". Uma declaração da diretora da Fecomércio-RS pelo Sindilojas de Porto Alegre, Carmem Flores, resume a imbecilidade do PL: Os clientes não querem ser incomodados, pois já usam o cartão para ter praticidade e conforto. Agora, se formos exigir a identificação do consumidor o que vai parecer é que o lojista está desconfiando do cliente, o que pode prejudicar ambas as partesE então Flores demonstra o "perigo" do cartão de crédito para os lojistas e usuários: Ela conta que em 25 anos como empresária apenas uma vez teve um cliente que apresentou cartão de crédito roubado. “Mas ele foi preso logo que atravessou a rua. Ou seja, o índice deste tipo de aconte…

Pedido para vetar o PL 83/2007

Carta enviada ao governo do estado do Rio Grande do Sul para vetar o PL 83/2007 de autoria do deputado Carlos Gomes (PPS), que obriga estabelecimentos comerciais a pedirem documento de identidade para confirmar compras com cartões de crédito ou débito.
Gostaria por meio deste mensagem pedir, demonstrando de forma factual, que o PL 83/2007 de autoria do sr. Carlos Gomes seja vetado. O PL obriga todos os estabelecimentos de comércio a exigerem algum tipo de documento de identidade para as compras realizadas por meio de cartão de crédito ou de débito no estado do Rio Grande do Sul.Primeiro, proposta semelhante já foi analisada pelo Câmara dos Deputados (PL 5004/2005) sendo rejeitada pelas Comissões de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio e na de Finanças e Tributação, sendo rejeitado pelo mérito da questão, por intervir indevidamente na relação entre cliente e comerciante. O que também deixa a questão se tal matéria é de competência legislativa da União.Segundo, os contratos de…

E-mail enviado a Comissão de Defesa do Consumidor, Direitos Humanos e Segurança Urbana da Câmara de Vereadores de Porto Alegre

A quem interessar possa,

Mantenho um blog chamado Não Sou Um Número, o primeiro blog no Brasil a tratar exclusivamente sobre privacidade. Tenho algumas questões sobre o tal programa de Bilhetagem Eletrônica (SBE) que gostaria que esta Comissão me respondesse:

A Comissão pretende, em algum tempo, realizar algum tipo de audiência pública, ou algo semelhante, para analisar o impacto sobre a privacidade dos usuários de ônibus em Porto Alegre que o SBE possa ter? A Comissão está ciente da política de privacidade do SBE? Se sim, qual a opinião sobre esta? Se não, qual a razão da Comissão em não questionar os operadores do SBE sobre a falta da mesma? A Comissão seria simpática a uma versão do SBE que permita que os usuários utilizem o sistema anonimamente? Explicite as razões. A Comissão está ciente que o SBE pode se transformar num sistema de vigilância autoritário? Caso a Comissão sinta que queira dizer algo que não esteja sendo questionado nas perguntas acima, fique livre para anexar o text…

Nova Campanha do Blog!

Não te esqueças de colocar o link do blog na figura!

Isso sim que é documentário!

SOS... Same Old Shit

Consegui achar uma cópia do mais novo substitutivo do Puxa-Saco de Fidel Castro (PSDB-MG) ao PLS 76/2000. O substitutivo continua sendo a mesma porcaria nazifacista de sempre, agora com uma nova roupagem. Azeredo diz na Análise:

- retiramos a definição de "Identificação de Usuário", bem como a definição de "Autenticação de Usuário", que deixam de ser necessárias no texto da norma, já que os artigos que as citavam foram convolados em normas administrativas;Então quer dizer que agora a "Identificação de Usuário" e a "Autenticação de Usuário" não precisam mais passar por instância legislativa, passando a ser desígnio de um burocrata igualmente nazifascista. Azeredo, quem tem esse poder de dizer quem acessa, ou não, a Internet?

Continuando com suas pérolas chavistas, Azeredo nos lembra que

Cumpre lembrar aqui a confusão (ou desinformação) que se estabele acerca da relação entre liberdade de expressão e anonimato, ambos possíveis na internet (sic) (o an…

Será?

O Daily Telegraph de hoje reporta que o provável sucessor de Tony Blair, Gordon Brown, pode ser o primeiro programa de Blair a ser cortado pela futura administração Brown. Será?

Na defesa da causa vale tudo!

Quando os Zé Cadastro resolvem atacar, a primeira vítima é lógica. Num documento intitulado "Identity Cards Scheme - Benefits Overview", o desgoverno Blair (que, felizmente, acaba em 27 de junho de 2007) usa o seguinte argumento para empurrar seu programa nazifacista de enumeração humana:
The amount of money laundered in the UK each year is difficult to determine as the activity is clandestine by nature – estimates vary between £400m and £24bn. With appropriate adjustments to money laundering regulations, the ID Cards Scheme will have a significant impact upon money laundered and a corresponding impact upon criminal activities within the UK. (meu grifo)Chutologia a 1000 por hora! Nada como chutar um valor entre £400m a £24bn, que corresponde a 60 vezes o valor inicial. É, é a pseudociência auxiliando pseudosoluções de combate ao crime que nada mais são do que soluções de extermínio da privacidade.

PLS 76/2000 pronto para pauta

Desde o dia 19 de abril de 2007, o PLS 76/2000, do com o substitutivo nazifacista de Eduardo Azeredo (PSDB-MG) está pronto para a pauta na Comissão de Constituição e Justiça do Senado Federal. Mostre teu repúdio a tal escandaloso projeto de lei assinando este abaixo-assinado e mandando para todos os teus amigos, políticos e outros o "Vai para Cuba, Senador Azeredo", um estudo elaborado por mim que desmonta por completo os argumentos cubanóides que Azeredo inventou para justificar seu substitutivo nazista de controle da Internet.

Abaixo, a lista de senadores da Comissão por bloco partidário.

Bloco de Apoio ao Governo (PT-PR-PSB-PCdoB-PRB-PP-PTB)

Cafeteira, Epitácio (PTB-MA)Cavalcanti, Mozarildo (PTB-RR)Machado, Sibá (PT-AC)Mercandante, Aloísio (PT-SP)Slhessarenko, Serys (PT-MT)Suplicy, Eduardo (PT-SP)Valadares, Antônio (PSB-SE)PMDB


Borges, Gilvam (AP)Jucá, Romero (RR)Pereira, Valter (MS)Raupp, Valdir (RO)Simon, Pedro (RS)Vasconcelos, Jarbas (PE)Democratas


Lobão, Edison (MA)Magalhã…

Comissário de Informação pede mais poderes

O Comissário de Informações do Reino Unido, Richard Thomas, pediu mais poderes para dificultar a marcha para o estado da vigilância. Thomas quer mais poderes para auditar os bancos de dados existentes no seu país. Tal depoimento foi dado ao Comitê de Assuntos Internos da Câmara dos Comuns, que está promovendo um inquérito chamado "Uma Sociedade de Vigilância".