Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2007

Ora, isso é em português

É, informação em português sobre impressões digitais. E informações decentes, não aquela ridícula ajoelhação diante do todo-poderoso estado. Tecnologia Biométrica: Impressão Digital
Precisão: Boa
Falhas em Operação: Média
Melhor uso: Pessoal
N Identificações (1:N) em 2 seg: 15.000
Possibilidade de Falsificação: Média (grifo meu)

Cuidado com os números únicos

A senhora Marina Motomura explica a lógica dos números de identidade na revista Mundo Estranho. Ela diz: Para acabar com essa zona, o governo quer unificar o sistema de emissão de identidades - como rola com a carteira de motorista, que é nacional. Mas isso não tem prazo para acontecer. :-* Motomura, expressou apenas um lado da moeda e não procurou esta expressão: "id card fiasco OR shamble" ou algo semelhante. Mas aqui vai uma lista de sites que contradizem a a reportagem de Motomura sobre numeração única de pessoas:
"Opinion: ID cards - a fiasco waiting to happen.", Silicon.com, 16 Jan 2006MacLeoad, Donald. "ID card scheme 'will be costly fiasco'." Guardian Unlimited, 26 Abr 2006 (Sra. Motomura, antes que a senhora não pesquise, o The Guardian e sua versão web, Guardian Unlimited, são dois outlets de mídia fortemente esquerdistas)"Gordon Brown is to blame for Home Office fiasco." Conservatives. com, 29 Jan 2007

Aze(re)do danto aulas na Europa

O detestável senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG) deve ter passado o fim-de-ano na Europa, provavelmente a serviço do Crube dos Hamigos da Privassidade, já que inúmeros países da União Européia estão discutindo medidas à la PLS 76/2000. O International Herald Tribune reporta que na Alemanha quer se proibir o uso de informações falsas para criação de contas de e-mail, mesmo para aquelas contas que servem para apenas receberem spam. O conselheiro legal sobre privacidade para o Google na Europa disse: Fleischer, whose California-based company offers a free e-mail service, said the law would have to require some kind of identity verification, "like you may have to register for an e-mail address with your national ID card." Isso é para estar em conformidade com a Diretiva de Retenção de Dados (2006/24/EC), que Azeredo utilizou-se de forma ardilosa e vil para corroborar seu projeto autoritário de controle da Internet.

Viva a Privacidade!

O péssimo Banrisul poderá protagonizar uma das maiores violações de privacidade bancária do Brasil, como reporta Políbio Braga: Se for aprovado o recurso que o procurador adjunto do Ministério Público junto ao Tribunal de Contas do Estado, Geraldo Costa da Camino, a procura dos seus três segundos de fama, serão desmoralizados os conselheiros e os auditores externos do próprio TCE, que aprovaram a contratação da Faurgs para examinar os prejuízos dos Fundos de Investimento do Banrisul no Banco Santos.
(...)
Será uma auditoria inédita no mundo, já que permitirá a identificação de cada uma das 2,5 milhões de contas correntes do banco.

Propiska em Quaraí

Num exemplo típico de usurpação de poderes e de violação de direitos individuais, o Juizado da Infância e da Juventude criou regras para que menores andem nas ruas e estas regras incluem o porte de uma autorização para andar na rua. E como se trata de Zero Hora, só o lado do Juizado foi ouvido.

Assunto esclarecido

Sobre o porte de documentos de identidade no estado do Rio Grande do Sul, o jornal Pioneiro de Caxias do Sul esclarece: - A pessoa que está sendo revistada não deve: negar-se a ser revistada, reagir, fazer movimentos bruscos, colocar a mão no bolso e deixar de se identificar (não é obrigatório portar identidade). (grifo meu)Qualquer problema com um Zé Identidade da vida é só mandar um email para faleconosco@brigadamilitar.rs.gov.br.
P.S.: Até como o próprio site da Brigada diz: - Não ande com todos os seus documentos ou todos os seus cartões de crédito, se não houver extrema necessidade.

E foi para o arquivo!

Com o começo de uma nova legislatura, todos os projetos de lei que não foram votados pelo Plenário vão para o arquivo. Abaixo uma amostra de projetos imbecis e/ou nazistas que não vai mais aterrorizar a vida alheia: PL 3369/20054 de Carlos Souza (PL-AM) que considera crime de "difamação" não pegar CPF nem número de ID por parte de usuários de sistemas de proteção ao crédito;PL 5004/2005 de Cabo Júlio (PMDB-MG) que exige a apresentação de documento de identidade com foto nas compras com cartão de crédito. Ah, Cabo Júlio não foi reeleito e prestar atenção nos excelentes votos dos relatores ePL 5520/2005 de Félix Mendonça (PFL-BA) que criaria um megabanco de dados de DNA no Brasil. Projeto docilmente aprovado por Raul Jungmann, o mesmo do "Sim" no referendo das armas.