Fim da privacidade bancária para políticos no Brasil

Agora, o governo federal bisbilhotará as contas de "pessoas politicamente expostas" como o Presidenta da República, congressistas federais, ministros de estado e dos tribunais superiores, Procurador-Geral da República, governadores, prefeitos de capitais e outros. A invasão de privacidade também se dará nas contas-correntes dos familiares destes. A Febraban estima que 100 mil pessoas possam ter sua privacidade violada devido a tal ação que foi prevista na medonha Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (Enccla).

Como se sabe, não existe laranja no Brasil...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como clonar digitais

Digitais falsas

E continua a disCUssão® sobre o Cadastro Único, agora com o nome de Registro Civil Nacional