Discussão do fim da privacidade

A Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara dos Deputados realizará amanhã uma audiência pública para discutir a inconstitucional e nazifascistíssima Lei 9.454/97. Antes que tu perguntes, é, a audiência foi requerida por um tucano, o deputado João Campos (PSDB-GO). Ah, só pessoas favoráveis à Ahnenpaßificação do Brasil estão convidadas para a audiência. Os convidados para cantar as "maravilhas" da medonha lei são:
  1. Geraldo Bertolo, diretor técnico-científico do Departamento de Polícia Federal;
  2. Luiz Fernando Corrêa, secretário Nacional de Segurança Pública e
  3. Glédston Campos dos Reis, diretor do Instituto Nacional de Identificação.
E como este blog já tinha denunciado no ano passado, o desgoverno federal tem planos de criar um cartão de identificação único para todos os brasileiros. E se isso não é o bastante, o mesmo governo que não consegue fazer um reles grooving numa pista de aeroporto, também quer criar um megabanco de dados com o DNA de todas as pessoas no Brasil, nas palavras de Paulo Fagundes, coordenador do Departamento de Políticas e Programas da Secretaria Nacional de Segurança Pública:
"A infra-estrutura já está disponível, e esses projetos não vão provocar tanta polêmica como a inclusão do DNA nas carteiras de identidade, que para muitos poderia ser uma invasão indevida da privacidade"
Ah, "esses projetos" são o banco de impressões digitais e o banco de DNA.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como clonar digitais

Digitais falsas

E continua a disCUssão® sobre o Cadastro Único, agora com o nome de Registro Civil Nacional