Reconhecimento facial falha em 20% dos casos. Adivinha onde esta tecnologia será testada?

No Brasil! O EPIC entrou com uma ação judicial contra o FBI demandando que este birô traga a público informações sobre o programa "Next Generation Identification", que de acordo com a dita instituição será o futuro da identificação de seres humanos nos EUA. Num dos documentos liberados pelo FBI, o FBI diz que a taxa de erro não deverá ser superior a 20% para reconhecimento facial.

A despeito de todos os problemas com a questão de falsos-positivos e falsos-negativos inerentes a qualquer sistema biométrico, além de questões sobre a privacidade das pessoas, o Brasil que usar esta tecnologia na Copa do Mundo de 2014, outra inutilidade. Pretende-se utilizar câmeras fixas, como o teste de Parintins, e câmeras móveis.

Até o presente momento, Santa Dilma, Padroeira do Privassidade, não se manifestou... Ou seja lá que pessoa, cujos rendimentos provêm do erário federal, escreve no @dilmabr.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como clonar digitais

Digitais falsas

E continua a disCUssão® sobre o Cadastro Único, agora com o nome de Registro Civil Nacional