Fraudes no Nota Fiscal Paulista

O Folha Online reporta que a Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo suspendeu todos os repasses de créditos do programa Nota Fiscal Paulista, exceto para contas bancárias dos titulares descritos na nota fiscal. Como diz a reportagem:
A Secretaria da Fazenda de São Paulo mudou as regras da Nota Fiscal Paulista para evitar fraudes. Após identificar transferências não autorizadas de créditos para entidades assistenciais e de saúde, o órgão do Estado decidiu suspender todos os repasses. Agora, o consumidor com cadastro no site pode transferir seus créditos apenas para contas corrente ou poupança das quais seja titular.

A pasta e a polícia investigam o repasse de valores para entidades assistenciais. Segundo a secretaria, os prejudicados seriam os consumidores que não estão cadastrados no programa (mas informam o número do CPF nas compras).

Os fraudadores criavam contas no programa com as informações dessas pessoas, e transferiam os recursos para entidades ou outras pessoas físicas. (grifo meu)
A questão é: como é que os fraudadores sabiam que tais pessoas estavam no programa?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como clonar digitais

Digitais falsas

E continua a disCUssão® sobre o Cadastro Único, agora com o nome de Registro Civil Nacional