Mais uma notícia bizarra sobre o CU

Alguém por favor insira um pouco de lógica no CU - Cadastro Único, nome oficial da Lei Federal 9.454/1997. Olha esta notícia:

Identidade com chip começará a ser emitida ainda neste ano

O Instituto Nacional de Identificação (INI) da Polícia Federal pretende emitir, até o final do ano, de 100 mil a 200 mil registros de identidade civil (RIC), a nova carteira de identidade equipada com um chip que vai permitir ao cidadão exercer todos os seus direitos com um único documento. Ainda não está prevista, no entanto, a data de início da emissão dessas carteiras.
(...)
O custo da nova tecnologia, de acordo com o INI, é de aproximadamente 800 milhões de dólares (R$ 1,4 bilhão) para instalação do projeto e emissão de 170 milhões de carteiras. Essa despesa ficará a cargo da União.
(...)
Além disso, a regulamentação da Lei 9.454/97 só ocorreu em maio deste ano, o que atrasou o cronograma do INI. Inicialmente, a previsão era emitir 2 milhões de documentos ainda em 2010.
O tema é pavoroso e as informações prestadas são tão ruins quanto. A única boa notícia é a flagrante incapacidade deste sistema sair do papel, como já foi reportado neste blog, como diz a reportagem da previsão inicial de introdução de 2 milhões de CUs baixou para algo entre 100 a 200 mil CUs que não têm data marcada para serem emitidos, algo que faz a previsão não ter muita lógica pois se não há data definida como prever a quantidade de CUs emitidos. E claro tem a fantasiosa questão do custo que ninguém se debruçou com afinco, só tendo delírios númericos.

E indo mais fundo no CU, descubro isto:
Não é por menos, portanto, a enfática defesa que fez o presidente do Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI), Renato Martini, do uso da certificação digital no RIC. “Temos que entregar ao cidadão mais do que um plástico com um número, mas um equipamento com o estado da arte da tecnologia de forma que o brasileiro possa se identificar não só ao longo da vida, mas também nas redes computacionais e na internet”, afirmou. (grifo meu)
Sim, caras pessoas. Um presidente dum ente estatal federal quer que nós demos os nossos CUs cada vez que nós acessarmos a Internet.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como clonar digitais

Digitais falsas

E continua a disCUssão® sobre o Cadastro Único, agora com o nome de Registro Civil Nacional